11.06.2009

Café em Situação de Rua

Estava tudo ficando tão escuro, eu estava com tanto medo, meu Deus!
Não sabia qual era o limite entre sono e covardia, nem entre raiva e apatia... me perdi.
Acelerei os passos para ver se conseguia chegar mais rápido. Esbarrei num mendigo.
Ele olhou-me bem fundo e disse: O nosso problema é que somos "bêbados de infinitos que terminam logo ali".
Foi aí, então, que eu parei.
10.jpg

10 comentários:

Marcelo Mayer disse...

porque eles têm motivos para continuar

CARVALHO,laís disse...

"infinitos que terminam logo ali."

possa crer, amei!

Luna disse...

mendigos bêbados são sábios.

Katrina disse...

é, tem que se por um ponto final no infinito

Andarilho Descalço disse...

Nunca confundir um andarilho com um mendigo. Principalmente porque os dois já são confusos o suficiente.

Tatiane Trajano disse...

ele bem sabe o que diz!

Bia Ferreira disse...

O meu quase sem acuçar, por favor...

Nossa esse blog é uma delicia!!!

Val disse...

E não é q fez sucesso? Hehehe... Realmente, imagina se fosse o G --´--,-@

Silvia Caroline disse...

é eu confio na confusão deles.

Maris Morgenstern disse...

mendigos bebados mestres sabios