7.28.2008

Café Fresco.

Cheguei com um buquê de flores e coloquei em cima da mesa.
Peguei o telefone e liguei, mas ninguém atendeu.
Peguei um vaso e coloquei água.
Criei coragem, respirei fundo e disquei de novo.
Coloquei as flores no vaso e fiquei olhando uma folhinha murcha na rosa vermelha.
Peguei a agenda telefônica e olhei aquele número de telefone naquela página amarela.
Arranquei a pétala murcha.
Fechei a agenda e larguei no canto do quarto.

Passou-se um dia.

A flor murchou.
A agenda continuou amarela.
Peguei a flor e a agenda e joguei fora... flor de loja não continua viva quando se põe na terra.

10.jpg

2 comentários:

Val disse...

Ai, vou ter q ler mais vezes, peraí...

Isabelle D'avila disse...

Que lindo Mia!! Voce está traspassando um sensibilidade cada vez mais "aflorada" - Arrranque suas paginas e dê-las para nós! Um beijo -