7.04.2008

Café de Mim.

Blues com café.
Jazz com charuto.
Desenho animado e desanimado.
Colorido para alegria.
Branco e preto também.
Risada de nenê.
Receio de carinho.
Poesia de madrugada.
Cheiro de teatro.
Descalça no palco.
Progressivo com incenso.
Sonho de epopéia.
Viagem astral perfumada.
Contente por não ser triste, mas estar.
Medo de sentir medo.
Alegria de bobagem.
Molecagem por molecagem.
Seriedade sem comum.
Existência discreta.
Viver pela existência.
Cafeína desvairada.
Devaneio consciente.



10.jpg

7 comentários:

Nathalia disse...

Café de Mimin com gostinho de sábado a tarde.

Adoro.

Danex Fabuleux disse...

viver pela existência eh ótemo!!! hehe!

Michelle disse...

Ah Iasmini, você e suas filosofias. Elas têm gostinho de nostalgia, cheirinho de doce e lembranças de coisas boas! ADORO!

Valéria disse...

Todo mundo tem um blog e ninguém me contaaaaaaaaaaaaaaaaaa!
Esse comentário não combinou com o tom super cool desse post.
Pode apagar se quiser. =)

Marco! disse...

Sopa de letrinhas com café.
Ótimo pras madrugadas solitárias..
Beijo honey.

Isabelle D'avila disse...

Adorei as ideias lincadas. De gole em gole. Gole em gole cafeinado.

Edson disse...

Devaneio Consciente

um tanto de contrastes de odores , sabores... gotinhas de café por entre letras ,poesia de madrugada
progressivamente em cenas da existência...

sentiu um cheiro bom de café?