6.22.2008

Chá.

Dizem que o chá não pode ser feito em fervura. Ou seja, nada de colocar o saquinho de chá no meio de borbulhas vindas dos 100ºC de uma xícara de água fervente.
Imagine ter a oportunidade de estar no meio de centenas de bolhas dançantes das mais variadas formas e tamanhos, que procuram a atmosfera além da xícara para explodirem no ar, se misturando a ele. E, no meio do calor latente, poder se dissolver e dar cor para toda aquela movimentação. A mudança é lenta e deliciosamente consumida... quanto mais curtido, mais forte e marcante é a estada, até que as borbulhas param, pouco a pouco. Toda aquela alegria se torna uma calmaria morna e, se mal aproveitada, transforma-se em frio... sem turbulência, sem calmaria. Um zero.


10.jpg

Um comentário:

Edblues disse...

uma maré crescente com ondas na arrebentação, como o surf , momentos de prazer flutuando sobre espuma, que vão se acalmando na beiradinha até chegar a terra firme,ou uma proxima onda quem sabe???

a little sexy ?!?!?!!!